Conecte-se conosco

Famosos

Ex-bbb Gil do Vigor sobre ataque homofóbico após realizar homenagem no estádio do Sport Club.

Publicado

em

Mesmo sendo um grande sucesso e amado pelo Brasil nem tudo são flores na vida do lendário Gil do Vigor, o ex-bbb que marcou história na casa do reality show Big Brother Brasil infelizmente foi obrigado a vivenciar uma situação no mínimo triste, após visitar o estádio do seu time de coração o Sport Clube de Recife, o pernambucano foi vítima de ataques homofóbicos por parte do advogado Flávio Koury.

Gil nunca escondeu a paixão pelo Sport Club e ganhou uma linda homenagem, foi convidado para conhecer a Ilha do Retiro, como é chamado o estádio do time e lá mostrou toda sua alegria e paixão pelo time de futebol, o pernambucano ganhou alguns mimos, incluindo um leãozinho de pelúcia fazendo referência ao mascote do Sport, rolou até recado para os fãs, em meio a tanta animação Gil criou uma dancinha usando um dos seus bordões mais famosos o famigerado “chaki chaki”, o que tinha tudo para ser só um momento de descontração gerou revolta no advogado e membro do conselho deliberativo do Sport, Flávio Koury, que não economizou xingamentos contra Gilberto.

O áudio que viralizou pela Internet foi enviado pelo deputado estadual Romero Albuquerque (PP) ao blog de Jamildo, o deputado pede pela expulsão de Flávio do quadro de conselheiros do Sport. No áudio Flávio se refere ao ex-bbb com palavras de baixo calão e chegou a reclamar que 1,2 milhões de pessoas estavam achando que no Sport só tem “viado”, além de muitos outros insultos referentes a sexualidade de Gil.

No áudio Flávio ainda diz que se Gil tivesse feito a dancinha em casa ou em um bordel não estaria “nem aí”, mas dentro da ilha do retiro era uma “desmoralização” e que seria o retrato do que o PT deixou. A revolta foi imediata, rapidamente muitas mensagens de repúdio à fala de Flávio Koury tomaram conta da Internet e para Gil inúmeras mensagens de força e apoio e Gil merece respeito ficou em primeiro lugar nos assuntos mais comentados do Twitter.

Em seu perfil o pernambucano desabafou dizendo o seguinte:
“Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo…… É muita dor!”
Até o momento não houve pronunciamento por parte do Sport Club Recife mesmo com a pressão de muitas pessoas cobrando por respostas do time.

Pessoas famosas mostram apoio ao ex-bbb incluindo o advogado e deputado estadual Bruno Lima que afirmou o seguinte:


Até o momento fãs e apoiadores aguardam o desfecho do caso.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *